Manchete nos Jornais desta Terça-feira, 19 de Outubro de 2021

Sem exportar para a China, queda de preço da carne chega ao consumidor
China e pecuária brasileira se estudam antes de tomarem os novos passos. Os chineses, após a compra de 220 mil toneladas de carne bovina do Brasil no acumulado de agosto e setembro.(Folha)

Desaceleração chinesa deve retardar Brasil na retomada
Avanço menor da segunda economia global afeta todos, mas exportadores de produtos básicos perderão mais.Dados do terceiro trimestre mostram que o país asiático, que já chegou a registrar avanços de dois dígitos em seu Produto Interno Bruto e se tornou o principal consumidor de commodities do planeta, cresceu 4,9% no período, 7,9% abaixo do trimestre anterior e 18,3% atrás do primeiro.Pesaram a crise energética, interrupções nas cadeias de abastecimento, surtos da variante delta do coronavírus e as dívidas imobiliárias.(Folha)

China mantém veto à carne brasileira e deixa autoridades perplexas
Suspensão de remessas após casos de vaca louca ameaça comércio de US$ 4 bi ao ano; de janeiro a julho, 490 mil toneladas foram exportadas. As autoridades brasileiras estão cada vez mais preocupadas com a proibição chinesa da carne bovina do Brasil, que já dura mais de um mês.(Folha)

Preço de passagem aérea dispara com oferta reduzida
A tendência, porém, é que preço médio caia no ano que vem, dizem especialistas.(Folha)

Gasolina sobe 3,3% na semana com repasse de reajuste
rio de janeiro Com o reajuste promovido pela Petrobras, o preço da gasolina nos postos subiu 3,3% na semana passada, com valor médio de R$ 6,321 por litro, segundo a ANP(Folha)

Bancos lucram R$ 62 bi e voltam a nível pré-Covid
Diretor do BC diz que no sistema financeiro o estresse da pandemia passou, e o aumento chega aos 53% em relação ao mesmo período do ano passado.(Folha)

Serasa amplia informações na análise de perfil do consumidor
A partir desta segunda-feira (18), consumidores podem permitir que a Serasa conecte contas bancárias a seu perfil e libere informações de transações realizadas.(Folha)

Cresce pressão sobre Guedes por benefício
Divisão entre equipe econômica e a ala política do governo se aprofunda na busca por recursos orçamentários
A menos de duas semanas para o fim do auxílio emergencial, o Palácio do Planalto aumentou a pressão sobre o ministro Paulo Guedes (Economia) por uma solução para os pagamento. (Folha)

Estados avaliam congelar ICMS de combustíveis
Sob pressão diante da alta no preço dos combustíveis, uma parte dos estados defende o congelamento da base de cálculo do ICMS (imposto estadual) (Folha)

Governo leva vantagem na Comissão de Ética
Sob Bolsonaro, equipe econômica ganhou 84% das decisões que chegaram ao colegiado; em 2018, eram 39%
Os integrantes do Ministério da Economia, do Banco Central e dos bancos federais receberam decisões favoráveis em 84% das análises da Comissão de Ética da Presidência (Folha)

Desigualdade sistêmica
Baixa mobilidade social perpetua miséria. No passado, o esforço individual permitiu que milhões de jovens de baixa renda ascendessem socialmente ao redor do mundo. Diversas profissões não requeriam deles elevado nível de qualificação. Predominava o trabalho braçal. Nesse contexto, era mais factível para os desfavorecidos prosperar e criar melhores condições de vida para suas famílias. Entretanto, esse cenário mudou. Com o passar do tempo, o mundo do trabalho se transformou. O progresso tecnológico aumentou a demanda por mão de obra altamente qualificada e portadora de habilidades complexas. Para atender às novas exigências do mercado, famílias de alta renda passaram a investir intensamente na formação de seus filhos.Contudo, na ausência de um sistema educacional público de qualidade, investimentos privados na educação representam consideráveis vantagens para os descendentes da elite adquirirem melhor qualificação e, assim, ocuparem os empregos que apresentam maiores remunerações. Fora do mercado de trabalho, eles também têm altas chances de obter posições de prestígio em praticamente todo contexto. Na política, sabe-se que países com expressiva desigualdade tendem a apresentar maior concentração de poder em determinados grupos ao longo do tempo. O caso brasileiro é emblemático. Algumas poucas famílias tradicionais detêm considerável poder para manter suas vantagens e, até mesmo, para influenciar nos rumos do país.(Folha)

Pará busca negócios verdes para municípios que desmatam
o Pará foi o segundo estado da Amazônia Legal que mais desmatou em janeiro de 2021 —o desmatamento total da Amazônia foi de 196 km², o Pará respondeu por 30%. No primeiro dia do Fórum Mundial de Bioeconomia, em Belém, o governador do Pará, Helder Barbalho (MDB), assinou um decreto que cria a Estratégia Estadual de Bioeconomia, com foco no desenvolvimento de municípios paraenses com maior desmatamento na Amazônia. O estado vai ser o primeiro a receber investimento em sistemas agroflorestais de um fundo voltado ao meio ambiente e desenvolvimento sustentável instituído pela Amazon. A professora e agora também empreendedora Kariane Nunes fundou com quatro amigas uma startup de biocosméticos que aposta em negócios verdes na Amazônia. “Cada mulher tem um cabelo diferente. Então, a gente personaliza a fórmula e traz um pedacinho da floresta, através de inteligência artificial. Nós temos parcerias com um coletivo de mulheres extrativistas da Floresta Nacional do Tapajós. A ideia é trabalhar junto com elas, desenvolvendo os produtos e adquirindo matérias-primas, fazendo inovação e tecnologia dentro da Amazônia”, explica. (Folha)

Custo com térmicas vai pesar mais nas contas
Descompasso entre arrecadação e despesas decorrente do acionamento de usinas pode dobrar até o fim do ano. A crise elétrica, provocada pela queda no nível dos reservatórios das hidrelétricas, deve continuar pressionando a conta de luz em 2022, mesmo com a melhora do cenário de chuvas. (Estado)

O Estado de S. Paulo

  • ‘Bolsonaro se acha dono da Petrobras e procede como tal’
  • Fundo canadense e Votorantim criam empresa de energia de R$ 17 bi
  • Custo com térmicas vai pesar mais nas contas
  • PIB da China desacelera no terceiro trimestre e coloca mundo em alerta
  • Governo diz que País terá alta no PIB de 1% no biênio
  • Presidente da Câmara engrossa coro pela extensão do auxílio emergencial
  • Petróleo recua com temores sobre China e EUA
  • Bolsa cai e dólar sobe com desaceleração
  • Mercado já estima inflação de 8,7% no ano
  • Governo avalia auxílio de R$ 400

O Globo

  • Governo federal cria autarquia para fiscalizar instalações nucleares
  • Fim dos supersalários é defendido por 93% dos brasileiros, diz Datafolha
  • Dólar sobe 1,23%, a R$ 5,51, e Bolsa recua 0,19%
  • Como isso afeta o Brasil?
  • PIB chinês desacelera e cresce abaixo do esperado no 3° trimestre
  • Na maior seca em 91 anos, Cacique Cobra Coral oferece serviços ao governo
  • Botijão de gás já custa em média mais de R$ 100 no país
  • Bolsonaro indica que deve prorrogar auxílio
  • A casa é a garantia
  • Vox articula aliança anticomunista na América Latina
  • China nega teste de míssil que dificulta interceptação
  • Um dos arquitetos da invasão do Iraque, marcado por mentir na ONU
  • ‘Chegaram em casa contando histórias do primeiro dia’

Folha de S. Paulo

  • Governo leva vantagem na Comissão de Ética
  • Estados avaliam congelar cálculo do ICMS sobre combustível até fim do ano
  • Planalto pressiona Guedes para garantir renda de Auxílio Brasil
  • Serasa amplia informações na análise de perfil do consumidor
  • Preocupação com inflação e risco político cresce nas instituições, diz BC
  • Bancos lucram R$ 62 bi e voltam a nível pré-Covid
  • Gasolina sobe 3,3% na semana com repasse de reajuste
  • Preço de passagem aérea dispara com oferta reduzida
  • China mantém veto à carne brasileira e deixa autoridades perplexas
  • Desaceleração chinesa deve retardar Brasil na retomada
  • China nega ter feito disparo de míssil hipersônico nuclear
  • Biden vai à Suprema Corte contra lei antiaborto do Texas
  • Análise – Carlos Eduardo Lins da Silva: General manteve admiração apesar de mancha em discurso na ONU
  • Morre aos 84 Colin Powell, que redefiniu política externa dos EUA
  • Capes tem déficit de R$ 124 mi para pagar bolsas até fim do ano
  • Governo cobra Pontes a ‘jogar junto’ e não criticar os cortes
  • Intervalo da segunda dose da Pfizer contra Covid cai para 21 dias em SP

Valor Econômico

  • Cresce o pessimismo na área de infraestrutura
    Pesquisa semestral da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base revela ser alto (50,3%) ou médio (38,3%) o impacto da inflação sobre as empresas de 167 gestores entrevistados
  • Saques da poupança aumentam
    Até 8 de outubro, os números do Banco Central indicam um saldo de resgates líquidos de R$ 20,6 bilhões
  • Maioria apoia passaporte da vacina, diz pesquisa
    Medida tem o apoio de 54% a 80% da população conforme o caso, indica levantamento da UnB e do IBPAD
  • Mais cidades não cumprirão gasto mínimo com educação
    Estimativa é que mais de 800 prefeituras não destinem 25% das receitas para a área neste ano, ante cerca de 300 em 2020
  • IGP-M alto dispara renegociação e troca de indexador para aluguéis
    Mercado imobiliário assiste a corrida para substituição de cláusulas de reajuste
  • Decreto muda regra para ações antissubsídio
    Segundo o governo, a norma dará “maior previsibilidade nas investigações de subsídios conduzidas pelo Brasil”
  • Comissão Especial na Câmara deve votar hoje PEC dos precatórios
    Mudança na constitucional irá alterar dinâmica no mercado de negociação das dívidas
  • Mudança em resolução pode extinguir pedidos de registro de 67 partidos
    Alteração foi aprovada por unanimidade em uma sessão do plenário virtual
  • Xi está determinado a seguir com as reformas apesar da desaceleração
    Apesar da expansão de 4,9% do PIB no terceiro trimestre, analistas acreditam que o líder chinês está determinado em evitar recorrer à cartilha tradicional de investimentos, alimentada por créditos, para estimular o crescimento
  • EUA lançam financiamento para AL para rivalizar China
    Washington quer retomar posição de principal financiador da infraestrutura de países da região
  • Recuperação econômica verde e social nas cidades
    É hora de municípios, Estados e o governo federal unirem forças para gerar o crescimento na mesma direção das principais economias do mundo
  • A vingança das cadeias de suprimentos
    Pontos fracos do sistema de produção global se tornaram maiores agora
  • Estudo estima perda de chuvas em MT com desmate no Xingu
    Levantamento mostra também que pode haver secas mais prolongadas, que coloquem em risco a agricultura e eventualmente impeçam o plantio de segunda safra em áreas do Estado
  • Votorantim e CPP criam elétrica de R$ 17 bi de valor de mercado
    Transação envolve ativos do grupo e do fundo canadense, uma comercializadora de energia, capitalização de R$ 1,5 bilhão e listagem no Novo Mercado
  • Expansão de ferrovias ampliaria a força do agro, confirma estudo
    Além de baixar custos de transporte, modal pode ajudar a reduzir emissão de gases
  • Desigualdade afeta fluxo da poupança
    Análise do fluxo mostra que mais ricos aumentaram aportes, e mais pobres retiraram dinheiro. Saques podem ser revertidos com alta da Selic. Alta de juros acima de 8,5% dispara mudança de regra de rendimento da poupança
  • Alta da inflação é o que mais preocupa bancos
    Relatório do BC alerta também para aumento de inadimplência no crédito imobiliário com recursos do FGTS
  • Tribunal altera entendimento sobre contratação de trabalhador em porto
    Para TST, recrutamento deve ser feito por meio do Órgão Gestor de Mão de Obra
  • Crimes cibernéticos estão mais graves, diz PwC
    Pandemia provocou aumento das invasões; só neste ano foram 1.190 vazamentos de dados devido a ações de sequestro de informações
Marisa Pereira