Manchete nos Jornais desta Terça-feira, 05 de Janeiro de 2021

Vacina em clínicas gera temor sobre efeito no SUS

Para especialistas, haveria disputa com sistema público; setor privado diz que objetivo é complementação. Por outro lado, as clínicas privadas argumentam que o objetivo não é competir, mas, sim, complementar a oferta prevista no SUS, atendendo, por exemplo, empresas que querem oferecer a vacina a empregados que não estão hoje nos grupos prioritários previstos pelo Plano Nacional de Imunização. Há uma movimentação de setores econômicos para que isso ocorra como forma de reativar a economia. A CNI (Confederação Nacional da Indústria) avalia bancar parte da campanha de vacinação para uma parcela de trabalhadores entre 20 e 50 anos.

Mais dois países estudam adiar segunda dose

Alemanha e Dinamarca anunciaram que estudam adiar a segunda dose da vacina contra Covid-19 para imunizar com uma única o maior número de pessoas o mais rapidamente possível. A medida foi adotada pelas autoridades de saúde do Reino Unido. bruxelas Mais dois países europeus —Alemanha e Dinamarca— anunciaram que estudam adiar a segunda dose da vacina contra Covid-19 para imunizar com uma dose só o maior número de pessoas o mais rapidamente possível.

O Estado de S. Paulo

  • Investimento do setor privado em saneamento ganha impulso
  • Novo marco vale desde julho
  • Balança fecha 2020 com superávit
  • Governo aposta em ‘fábrica de projetos’ para destravar investimentos
  • Brasil deixa de pagar aporte ao Banco do Brics
  • Acionistas dão aval à fusão de PSA e Fiat, que cria a 4ª maior montadora do mundo
  • Venda de veículos no País fecha 2020 com queda de 26,2%
Investimento do setor privado em saneamento ganha impulso

Metade dos Estados iniciou planos para parcerias com empresas privadas; novo marco legal foi adotado há 6 meses. Os projetos são tocados em pelo menos 13 Estados e no Distrito Federal, aponta levantamento feito com base em dados da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base, governos locais e federal e do BNDES. O interesse vem com o novo marco legal do setor, sancionado em julho pelo presidente Jair Bolsonaro, que prevê a universalização do saneamento até 2033. Três Estados já realizaram leilões.

O Globo

  • Vendas do agronegócio devem bater novo recorde
  • Inflação de alimentos deve dar trégua ao consumidor, prevê CNA
  • Balança comercial fecha 2020 com saldo de US$ 51 bi
  • Brasil perde benefício para exportar para os Estados Unidos
  • Acionistas de Fiat e PSA dão aval à criação da 4ã maior montadora global
  • Dólar tem alta de 1,57%, a R$ 5,26, e Bolsa cai 0,14%

Folha de S. Paulo

  • Novo presidente da Câmara vai encarar reforma tributária e pressão contra teto
  • Pautas econômicas
  • 69% dizem acreditar que situação econômica do país não vai melhorar, aponta Datafolha
  • Dólar inicia ano em alta de 1,56% e fecha a R$ 5,27 com temores sobre Covid
  • Santos prevê R$ 7 bi em arrendamentos e acessos
  • Leilões mudam perfil de operadores do porto paulista
  • Balança perde dinamismo, apesar de saldo de US$ 51 bi
  • Acionistas dão aval à fusão entre Peugeot e Fiat Chrysler
  • É preciso tratar a China com respeito, diz líder de entidade ruralista

Valor Econômico

  • Nos EUA, nasce um sindicato para pressionar o Google
    Trabalhadores pedem prioridade à ética para criar produtos e proteção a mão de obra temporária
  • Grandes empresas ganham mercado com a pandemia
    Dados da Anbima indicam que as grandes companhias levantaram R$ 134 bilhões em novas emissões de debêntures, notas promissórias e certificados de recebíveis imobiliários e do agronegócio em 2020
  • Grupos de saúde miram aquisições
    Em 2020, as companhias do setor investiram entre R$ 8 bilhões e R$ 10 bilhões em aquisições e movimentaram cerca de R$ 16,5 bilhões em ofertas de ações e emissões de debêntures
  • Nobres que aqui legislam não legislam como lá
    A omissão do governo federal deixou na mão de prefeitos e governadores a tarefa de tentar socorrer os brasileiros sem emprego e renda a partir deste mês
  • Desenvolvimento sustentável e trabalho
    O despertar efetivo da sociedade para a proteção do trabalho deve ser influenciado pela relação de trabalho responsável
Marisa Pereira