Manchete nos Jornais desta Sexta-Feira, 12 de Dezembro de 2014

Nova equipe, velhas soluções econômicas

Após três semanas, os técnicos da equipe econômica voltaram a se debruçar sobre a lista de alternativas de Guido Mantega para recuperar receitas e reduzir despesas do governo. Entre as medidas está a elevação gradual da Cide…

Dólar vai a R$ 2,648, maior valor em 9 anos

Com a queda nas commodities e sinais de que os Estados Unidos podem elevar os juros antes do esperado, o dólar subiu em todo o mundo. Frente ao real, a moeda americana avançou 1,37%, para R$ 2,648 nos contratos comerciais, o maior patamar em nove anos. Para os turistas, a cotação superou os R$ 2,80 em algumas casas de câmbio.

Liberado o uso do canabidiol

O Conselho Federal de Medicina divulgou resolução que autoriza especialistas a prescrever canabidiol (CBD), remédio à base de maconha, a epiléticos que não respondam a outros tratamentos…

O Globo

Manchete : Procuradoria denuncia 36 e cobrará R$ 1 bi de acusados

Esquema é ‘aula de crime ’, afirma Janot
25 suspeitos são ligados a empreiteiras
Propina foi lavada até em comércio popular

O Ministério Público Federal denunciou à Justiça 36 pessoas suspeitas de participação no esquema de corrupção na Petrobras, sendo 25 ligadas a grandes empreiteiras. São elas: OAS, Camargo Corrêa, UTC, Mendes Júnior, Engevix e Galvão Engenharia. Os procuradores estimam que R$ 286 milhões foram desviados só em contratos com a Diretoria de Abastecimento, que era comandada por Paulo Roberto Costa, e cobrarão R$ 1bil hão em indenizações dos investigados. Se a denúncia for aceita, os acusados responderão por corrupção, lavagem de dinheiro e organização criminosa. O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, que participou da divulgação da denúncia, disse que ela é resultado de apenas uma fase de longa investigação. A Mendes Júnior acusou o MPF de cometer excessos. (Págs. 3 a 9)

Papéis registram doações a políticos

Documentos apreendidos nas construtoras Queiroz Galvão e Engevix mostram anotações de doações que teriam sido feitas a políticos e partidos, algumas não declaradas ao TSE. (Pág. 8)

Estatal terá socorro de R$ 9 bilhões

Governo vai autorizar Petrobras a captar recursos no mercado, com aval do Tesouro, para quita r dívida de R$ 9 bilhões com a Eletrobras. Do total, R$ 6 bilhões serão bancados pelo Tesouro. (Pág. 27)

Dólar vai a R$ 2,648, maior valor em 9 anos

Com a queda nas commodities e sinais de que os Estados Unidos podem elevar os juros antes do esperado, o dólar subiu em todo o mundo. Frente ao real, a moeda americana avançou 1,37%, para R$ 2,648 nos contratos comerciais, o maior patamar em nove anos. Para os turistas, a cotação superou os R$ 2,80 em algumas casas de câmbio. (Pág. 25)

Justiça restringe anúncio de cerveja

A Justiça Federal proibiu anúncio de bebida alcoólica com mais de 0,5° GL (o que inclui cerveja e vinho) das 6h às 21h, além da ligação com esportes. O mercado critica e vai recorrer ao STJ. (Pág. 32)

Liberado o uso do canabidiol

O Conselho Federal de Medicina divulgou resolução que autoriza especialistas a prescrever canabidiol (CBD), remédio à base de maconha, a epiléticos que não respondam a outros tratamentos. (Pág. 31)

Militares publicam lista de mortos

Após a divulgação do relatório final da Comissão da Verdade, clubes militares publicaram uma lista de 126 pessoas mortas, segundo eles, “vítimas da guerrilha urbana”. (Pág. 11)

BB suspende patrocínio ao vôlei

Após a Controladoria-Geral da União achar irregularidades na CBV, o Banco do Brasil retirou temporariamente o patrocínio que mantém desde 1991 para a entidade do vôlei. (Pág. 36)

Ilimar Franco

O medo do PT

Petistas explicitaram para o ex-presidente Lula por que temem que o líder do PMDB, Eduardo Cunha, assuma a presidência da Câmara. Alegaram que um presidente da Casa tem muitos poderes sobre as CPIs, e que o mais inquietante é que cabe a ele decidir se recebe ou não os pedidos para a abertura de processos de impeachment. Um acordo com Cunha é a última alternativa do PT. (Pág. 2)

Merval Pereira

Denúncia do MPF aumenta vexame da CPI do Congresso. (Pág. 4)

Míriam Leitão

Nem nas Olimpíadas

O que mais chama atenção na Ata do Copom é a ausência de prazo para a inflação voltar ao centro da meta. A última vez que o IPCA esteve em 4,5% foi em agosto de 2010, ainda na gestão Henrique Meirelles no Banco Central. Só se sabe que os preços estarão em convergência a partir de 2016, mas ainda acima do centro no terceiro trimestre. O ano que vem está perdido, com a alta do dólar e dos preços administrados. (Pág. 26)

Editorial

O combate aos cartéis a serviço da corrupção

É preciso considerar a abertura do mercado a concorrentes estrangeiros, antídoto eficaz à atuação coordenada ilegal de empresas nacionais. (Pág. 16)

————————————————————————————

Zero Hora

Manchete : MPF denuncia 36 e quer devolução de R$ 1 bilhão

Entre os citados pelos procuradores por conta do escândalo de corrupção na Petrobras, estão o ex-diretor Paulo Roberto Costa, o doleiro Alberto Youssef, além de funcionários e altos executivos de seis empreiteiras. (Notícias | 10 e 12)

Entidade aposta em retomada no campo

Farsul projeta crescimento de 8,4% para o setor agropecuário em 2015. (Notícias | 24 e 26)

 

10 cidades detêm 45% do PIB gaúcho (Notícias | 6 e 7)

————————————————————————————

Brasil Econômico

Manchete : Petrobras emite títulos para receber dívida

Esta foi a solução encontrada pelo governo para o pagamento de uma dívida de R$ 9 bilhões da Eletrobras com a petroleira pelo fornecimento de combustível para térmicas. Os papéis da estatal terão garantia do Tesouro, que, no fim das contas, é responsável pelo calote da Eletrobras. (Pág. 9)

MPF denuncia 36 pessoas

O Ministério Público Federal no Paraná apresentou ontem a denúncia referente à sétima etapa da Operação Lava Jato, na qual estão o doleiro Alberto Youssef, o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa e executivos de empreiteiras. (Pág. 3)

PIB: freio na indústria reduz peso de SP

A capital paulista continua à frente, mas de 2009 para 2012, sua participação na geração de riqueza caiu para 11,3%. Apenas 57 municípios brasileiros — de um total de 5.565 — detêm cerca de metade do PIB nacional, que somou R$ 4,4 trilhões no ano. (Págs. 4 e 5)

Nova equipe, velhas soluções econômicas

Após três semanas, os técnicos da equipe econômica voltaram a se debruçar sobre a lista de alternativas de Guido Mantega para recuperar receitas e reduzir despesas do governo. Entre as medidas está a elevação gradual da Cide. (Pág. 7)

Governo executa 96,5% do PAC

Segundo Ministério do Planejamento, investimentos do programa superam R$ 1 trilhão em 4 anos. Para especialistas, porém, o grande volume de financiamentos para Minha Casa Minha Vida infla os números. (Pág. 8)

Mosaico Político

Gilberto Nascimento

LAVA JATO ATRASA ANÚNCIO

A expectativa entre os governistas é que a lista de políticos com mandato investigados pela Operação Lava Jato seja divulgada na próxima semana. A menos de um mês do início do novo mandato, a presidenta reeleita Dilma Rousseff (PT) espera informações sobre os envolvidos no esquema de corrupção na Petrobras – e talvez em outras estatais também – para anunciar os nomes políticos de seu próximo ministério. (Pág. 2)

Sintonia Fina

Julio Gomes de Almeida

O EMPREGO INDUSTRIAL

O IBGE noticiou esta semana a redução do emprego no setor industrial brasileiro. Em 2014, até outubro, a retração acumulada chega a 3%, um índice que desde o início dos anos 2000 somente foi sobrepujado no ano de crise econômica global de 2009 (-4,9%). Não é de hoje que o efetivo industrial vem caindo. (Pág. 6)

O mercado como ele é…

Luiz Sérgio Guimarães

SOB O DOMÍNIO DO MEDO

Nesta semana dominada por incertezas e medos globais, os mercados conseguiram piorar um pouco mais ontem. Petróleo e commodities metálicas voltaram a cair, afugentando investidores dos títulos e moedas de países emergentes. A fuga recebeu um impulso adicional de dados americanos que reforçaram a expectativa de mudança pró-aperto da política monetária do Federal Reserve (Fed). (Pág. 17)

Ponto Final

Octávio Costa

OS ALQUIMISTAS ESTÃO CHEGANDO

O mercado financeiro adorou a ata da 187ª reunião do Comitê de Política Monetária do Banco Central. Analistas de bancos e corretoras, que vinham mostrando profundo desencanto coma política econômica do governo nos últimos dois anos, receberam o texto do Copom como um presente de Natal da equipe comandada por Alexandre Tombini. (Pág. 32)

————————————————————————————

Folha de S. Paulo

Manchete : Procuradoria denuncia 36 pessoas no caso Petrobras

Executivos de seis empreiteiras são acusados; Ministério Público quer devolução de R$1 bi

Nas primeiras acusações formais contra executivos investigados na Operação Lava Jato, que apura esquema de corrupção na Petrobras, o Ministério Público Federal denunciou criminalmente 36 pessoas — 24 relacionadas a seis empreiteiras. Entre os citados, estão os presidentes José Aldemário Pinheiro Filho (OAS), Dalton Avancini (Camargo Corrêa), Ricardo Pessoa (UTC) e Dario Galváo Filho (Galvão Engenharia) e os vices Sérgio Mendes (Mendes Júnior) e Gerson Almada (Engevix). Todos poderão responder na Justiça por corrupção, lavagem de dinheiro e formação de organização criminosa. Delatores no escândalo, o ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa e o doleiro Alberto Youssef também Foram denunciados. A Procuradoria entende que os crimes geraram danos à Petrobras de quase RS 1 bilhão e pede que os acusados sejam condenados a ressarcir a quantia à estatal. O juiz federal Sergio Moro decidirá se será aberta ação penal contra os envolvidos. “Essas pessoas roubaram o orgulho dos brasileiros”, disse o procurador-geral da República, Rodrigo Janot. A Camargo Corrêa espera julgamento “justo”. Representantes das outras empresas não se pronunciaram ou não foram localizados. (Poder A4)

Relatório aponta vítimas da ditadura que Estado negava

Entre os 434 mortos e desaparecidos apontados pela Comissão Nacional da Verdade, 23 nomes já haviam sido submetidos ao governo, mas foram rejeitados. A CNV recomenda em seu relatório que prazos e processos de reconhecimento sejam ampliados. Casos formalizados permitem pedido de indenização ao Estado. (Poder A12)

 

Dilma tem em mãos pacote de medidas que atinge R$ 50 bi

A presidente Dilma já recebeu de sua equipe as medidas do pacote fiscal para reequilibrar as contas públicas em 2015, que podem gerar um ajuste de RS 50 bilhões, informa Valdo Cruz. O valor inclui aumento de receitas, com a volta da Cide (tributo sobre a gasolina), e corte de gastos. A equipe econômica prepara o tamanho do bloqueio de verba do Orçamento, que pode superar R$ 50 bilhões. (Mercado B1)

Após 8 meses, Alckmin substitui secretário da água

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) anunciou o professor da USP Benedito Braga, presidente do Conselho Mundial da Água, na pasta de Recursos Hídricos. O atual secretário, Mauro Arce, havia assumido a pasta em abril. Em entrevistas, Braga defendeu sobretaxar consumo excessivo em vez de adotar rodízio. (Cotidiano C3)

Banco do Brasil corta patrocínio do vôlei devido a indícios de desvio (Esporte D1)

Reinaldo Azevedo

‘Comissão da Farsa’ desrespeitou texto legal que a criou

A turma mandou à breca artigo da lei que determinava que a Comissão da Verdade se ocupasse também de crimes cometidos “na sociedade”, não somente nos aparelhos de Estado. (Poder A10)

Editoriais

Leia “Página virada”, acerca de relatório da Comissão Nacional da Verdade, e “A Língua condenada”, sobre resultados de português da Prova Brasil. (Opinião A2)

 

EBC

Edição: Equipe Fenatracoop

admin