Confusão leva Renan a adiar sessão que votaria projeto que altera meta “de irresponsabilidade” fiscal

Presidente do Senado, Renan Calheiros, preside sessão plenária do Congresso Nacional para apreciar e votar vetos e projetos de lei que muda a meta fiscal /Valter Campanato/Agência Brasil

Presidente do Senado, Renan Calheiros, preside sessão plenária do Congresso Nacional para apreciar e votar vetos e projetos de lei que muda a meta fiscal /Valter Campanato/Agência Brasil

Uma confusão entre parlamentares e manifestantes que ocupavam as galerias do plenário do Congresso Nacional levou o presidente Renan Calheiros (PMDB-AL) a suspender e adiar para amanhã (3), às 10h, a sessão do Congresso Nacional para votar dois vetos e o projeto de lei que altera cálculo do superávit primário.

O tumulto com os manifestantes começou durante o discurso da senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM). Incomodada com a situação, a deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ) interpelou Renan solicitando que ele providenciasse a retirada das pessoas das galerias. Líderes da oposição ainda tentaram negociar com os manifestantes, mas Renan preferiu suspender a sessão que deverá ser retomada na manhã desta quarta-feira (3).

 

Iolando Lourenço – Repórter da Agência Brasil

Edição: Equipe Fenatracoop

admin