Aprendiz Legal qualifica menores infratores no RS

Objetivo é proporcionar conhecimento e qualificação aos jovens, para possibilitar seu retorno à sociedade

 

Porto Alegre, 09/09/2014 – A Coordenação de Aprendizagem da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Rio Grande do Sul (SRTE/RS) participou na segunda-feira (08), às 11h, de aula inaugural de lançamento do Programa Aprendiz Legal – curso de Auxiliar de Produção, para formação profissional dos adolescentes que cometeram ato infracional e cumprem medida socioeducativa de internação no Centro de Atendimento Sócio Educativo (CASE), de Caxias do Sul.
O programa prevê a qualificação profissional na própria instituição, em função da privação de liberdade, com objetivo proporcionar conhecimento e qualificação aos jovens, para que ao retornarem à sociedade, possam ser inseridos no ambiente profissional, a primeira turma contará com 18 alunos.
O programa é uma parceria entre o Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) e a empresa Agrale, com a participação da Secretária de Justiça e Direitos Humanos (SJDH), do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), da Fundação de Atendimento Socioeducativo (FASE) e do Ministério Público do Trabalho.
Essa é primeira vez que uma empresa do setor automotivo do Rio Grande do Sul participar dessa iniciativa. “Queremos participar da qualificação desses jovens junto à sociedade, proporcionando meios de acesso ao mercado de trabalho e valorizando as potencialidades de todas as pessoas. Eles farão parte de uma cota de aprendizes da empresa, recebendo
remuneração conforme legislação vigente”, Paulo Ricardo, gerente de RH da Agrale.
Assessoria de Imprensa/MTE
admin